#Resenha "O Desafio de Ferro" - Magisterium #1

Cassandra Clare e Holly Black. O Desafio de Ferro. Editora: Novo Conceito. 2014, 384 p. 

Ganhei O Desafio de Ferro, primeiro volume da série Magisterium, de aniversário no começo do ano passado, e depois da leitura me arrependi de tê-lo deixado parado na estante por quase um ano, porque é uma leitura rápida, a diagramação do livro está muito bonita, o tamanho das letras, que é grande para o padrão das editoras, me agradou muito, além de que a história me surpreendeu de verdade como poucas fazem ultimamente. 

“(...) Eu vejo através das máscaras de pele o que vocês vestem. Vejo o seu futuro. 
Um de vocês irá falhar. Um morrerá. E outro já está morto.” 

Callum vem de uma família de magos, seu pai inclusive é um deles, e a sua a mãe faleceu quando ele era um bebê por causa do seu envolvimento com os magos e suas guerras. O pai de Callum o alertou sua vida inteira sobre o perigo que os magos representam, até que o dia do Desafio de Ferro chegou, teste que determinará quais crianças serão admitidas no Magisterium, a escola dos magos. O pai de Callum o fez prometer que ele irá falhar nos testes, e para Callum falhar em algo não é novidade, mas ele não escapará da  Magisterium tão facilmente.

O que eu mais gostei nesse livro é que ele é diferente, ele não nos entrega o enredo que esperamos, e os personagens não seguem a fórmula de "heróis" que estamos acostumados. 

Callum, por exemplo, é manco de uma perna, mal humorado, aparentemente não é super poderoso no uso de magia, não sabe fazer amigos muito menos conservá-los, tem a língua afiada, e se mete em muitas confusões nem sempre apenas por má sorte. Callum é tão errado que é difícil acreditar que ele é o protagonista. Mas, essa história também é de Tamara e Aaron, jovens magos que terão a difícil missão de treinar ao lado de Callum, relacionamento que não será fácil para nenhum deles. 

Em um primeiro momento fiquei com um pé atrás porque as semelhanças com Harry Potter são gritantes, três adolescentes, dois meninos e uma menina, que estão estudando juntos em uma escola muito diferente para se tornarem magos, mas como eu já disse a história não segue o caminho esperado, não é clichê. 

Os personagens são interessantes e vamos descobrindo quem eles realmente são no decorrer do ano no Magisterium. Como é muito previsível Callum é obrigado a se afastar do seu pai e ir para junto dos magos, tudo o que ele quer é arrumar um jeito de fugir, mas a visão que seu pai lhe deu sobre os magos pode não estar totalmente correta, ou melhor seu pai pode tê-lo enganado propositalmente para protegê-lo dos magos, ou proteger os magos de Callum.

A Cassandra Clare e a Holly Black são duas escritoras famosas por escreverem muito bem e terem a imaginação fértil e isso fica muito claro nesse livro, em que a narrativa é muito boa, a história te envolve, e você passa a se importar pelos personagens mesmo eles não sendo legais o tempo todo. 

É difícil para mim falar de O Desafio de Ferro sem comentar um spoiler deste primeiro livro que é muito surpreendente e me fez curtir muito a história. Esse spoiler fica para resenha do segundo livro, A Luva de Cobre, que estou ansiosa para ler e se ele for tão bom quanto este primeiro já me considero fã da saga.

Minha nova leitura de série infanto-juvenil preferida, os fãs de Harry Potter gostarão com certeza, mas além deles, leitores que curtem histórias juvenis mais inteligentes e estão afim de ler algo diferente, O Desafio de Ferro com certeza é uma boa pedida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo