Então eu assisti... STAR WARS EP.VII O DESPERTAR DA FORÇA

É simplesmente necessário que escreva sobre Star Wars no Mundo Platônico porque se trata de uma saga que eu acompanho desde sempre, porque meus pais já eram fãs, e eu sempre curti os filmes e posso dizer que é uma das histórias que marcaram minha vida como telespectadora e leitora. Star Wars é um dos símbolos da cultura nerd e pop mundial, e quase tudo sobre os filmes e os muuitos livros e histórias paralelas me interessam, por isso a importância de comentar sobre O Despertar da Força


Eu longe de ser uma fã fanática de Star Wars, não conheço quase nada do universo expandido, nem histórias dos bastidores, e coisas desse tipo. Gosto muito dos filmes,  apenas. Não comentarei a premissa de O Despertar da Força, porque a minha dica é que vocês vão assistir ao filme sabendo o menos possível, o trailer basta, deixe a história te surpreender porque garanto que ela vai fazer isso. Ah! E fujam de spoilers.

Minhas expectativas estavam grandes, nesses meses de tensão e ansiedade pré filme assisti os trailers, li algumas teorias sobre o novo rumo da história, assisti vídeos nesse sentido, enfim especulei bastante, e fiquei muito feliz por ver a grande maioria dessas teorias caírem por terra neste filme que mesmo sendo previsível em diversos momentos devido aos acontecimentos dos seis episódios anteriores consegue ser muito empolgante e emocionante.

Depois de todos esses anos vendo os filmes e escutando histórias de amigos e parentes que são fãs antigos da saga, finalmente poder assistir Star Wars no cinema foi muito legal! A missão do filme era resgatar os cenários, personagens, o espírito dos filmes dos anos 70/80, e eles definitivamente conseguiram fazer isso com maestria e ainda trouxeram elementos novos e personagens marcantes que só acrescentaram a saga.


Sobre os novos personagens preciso dizer que foi muito satisfatória ver finalmente uma mulher, a Rey, que muito dignamente assume o papel de protagonista muitas vezes durante a história. Rey é forte, destemida, e a bela e muito expressiva atriz consegue nos fazer crer nos sentimentos da personagem . Uma heroína que queríamos e precisávamos em um filme nerd, e estamos falando em nada menos que Star Wars, a mais importante saga nerd, e foi lindo ver a Ray botando para quebrar no Despertar da Força.

Também tem o Finn, que é outro personagem novo muito carismático, ele conquista os telespectadores com o seu humor logo de cara, e o primeiro encontro dele com a Rey é de arrepiar, melhor sequência de cenas para mim! Sem falar nos personagens antigos que tanto queríamos rever como o Han Solo e Chewie. Importante dizer BB-8 conquistou meu coração fortemente e é definidamente o meu novo droid favorito da galáxia.

Rebeldes, Stormtroopers, droids, Jedis, e o lado negro do força: O Despertar da Força alcançou minhas expectativas, me faz sair do cinema com um sorriso de orelha a orelha e muito, muito mesmo, ansiosa para os próximos filmes.

Este episódio VII deixa muitas dúvidas sim, questões mal resolvidas, passados nebulosos, mas acredito que não teria graça se todos os problemas fossem resolvidos e as explicações fossem dadas de uma vez. Não é um filme perfeito não, mas ele cumpre bem o seu papel que era trazer Star Wars de volta com muita dignidade, nos entreter, e deixar aquele expectativa para sabermos como essa nova história dessa saga incrível irá terminar.

Se você é fã, gosta, já ouviu falar, ou simplesmente se interessa por Star Wars, não deixe de assistir O Despertar da Força, filme que recomendo muito não somente como fã da saga, mas também simplesmente como uma apaixonada por cinema e bons filmes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo