FILMES FAVORITOS BASEADOS EM LIVROS QUE EU (AINDA) NÃO LI #BEDA

Quando tive a ideia de escrever esse post para o #BEDA eu não tinha ideia de que quase metade dos meus filmes favoritos são adaptações de livros de livros que eu não li. Em uma escala de favoritismo estes filmes que se baseiam em livros famosos são os meus mais queridos. Acredito que os nossos filmes favoritos, como os livros principalmente, mostram mais profundamente quem nós somos, e em um mundo em que quase ninguém se conhece verdadeiramente, compartilhar livros e filmes favoritos com algumas pessoas torna a relação mais preciosa.

 

A Lista de Schindler (Schindler's List), 1993

A Lista de Schindler é um dos filmes mais comoventes e tocantes que já vi, uma produção cinematográfica que se preocupou com detalhes e escalou atores muito talentosos para contar a vida de Oskar Schindler, industrial alemão que durante a 2º Guerra Mundial usou sua influência no partido nazista para salvar mais de mil judeus do extermínio. O filme é baseado em uma história real, e muitas cenas são difíceis de serem vistas, em meio há tanto ódio e crueldade, Schindler deu uma lição de amor à vida. Estou há muitos anos querendo ler esse livro, espero poder encontrar o meu exemplar em breve.

Histórias Cruzadas (The Help), 2011

Lembro-me da primeira vez que assisti Histórias Cruzados, me indignei muito, chorei, e ri demais também, terminei sabendo que tinha acabado de ver um dos meus filmes favoritos da vida. A história no Mississippi em 1962, durante o nascimento do movimento dos direitos civis nos EUA. Ainda não li o livro, mas gosto tanto desse filme que não posso deixar de ler a história para conferir se ela é tão boa quanto o filme, difícil competir com a Viola Davis (rainha <3), Octavia Spencer (eat my shit!), e a Emma Stone.

Os Miseráveis (Les Miserables), 1998/2012

Serei repetitiva nesse texto, mas Os Miseráveis também é um dos meus filmes favoritos da vida. Jean Valjean é um ex-presidiário que refaz sua vida, mas vive a sombra dos anos que passou injustamente na prisão. Ele adota a pequena Cossette, que posteriormente se apaixonará por um jovem revolucionário. Gosto de musicais e a versão de 2012 possui atores que admiro muito, mas ainda sim prefiro a versão de 1998, a essência da história está lá. O livro do Victor Hugo é enorme, são mais de mil páginas, mas com certeza eu lerei em algum momento nos próximos anos. Jean Valjean é um grande exemplo de perseverança e bondade.

O Conde de Monte Cristo (The Count of Monte Cristo), 2002

Assisti o O Conde de Monte Cristo pela primeira vez  quando era criança, por volta dos dez anos, e lembro-me de que este foi o primeiro filme que me tocou o suficiente para eu dizer que ele era um dos meus favoritos. Na época eu não entendi muito bem a trama que fez o protagonista Edmond Dantes ficar preso durante 13 anos, nem tinha como eu entender sem as aulas de história necessárias sobre a França e Napoleão. No enredo, depois de fugir da prisão Edmond se torna O Conde de Monte Cristo, infiltrando-se na aristocracia francesa disposto a vingar-se contra aqueles que o traíram levando-o a passar os piores anos da sua vida aprisionado. Um protagonistas mais obstinados que já vi. Preciso ler o livro do Alexandre Dumas, que deve ser ainda mais emocionante.

Gostei muito de escrever sobre esses filmes que quero rever em breve! Tenho mais filmes favoritos de livros que eu (ainda) não li, mas para não alongar muito o post prefiro fazer uma parte II deste tema. Quais são os filmes favoritos de vocês, que são adaptações de livros que vocês ainda não leram?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo