#Resenha “Romeu Imortal”

 

Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre.

Li “Julieta Imortal” ano passado e curti muito a “releitura” que a escritora Stacey Jay fez do clássico romance “Romeu e Julieta”. Fiquei ansiosa para ler “Romeu Imortal” pela capa maravilhosa e principalmente por agora a história ser narrada pelo Romeu. Como no primeiro livro “Romeu Imortal” mostra como nunca é tarde demais para encontrar redenção através do verdadeiro amor, agora é a vez do Romeu ter uma nova oportunidade de fazer o bem e se apaixonar, e assim pagar por todos os seus pecados.

  • “(…) Quero dizer a ela que estou com medo. Quero dizer a ela que tenho medo das trevas, do passado, das mentiras e da maldade no mundo. (…)  Mas, acima de tudo, tem o deixá-la indefesa. Tenho medo dos dedos que se entrelaçam aos meus serem destruídos pela tortura dos Mercenários e eu não posa fazer nada para protegê-la.

Eu já sabia exatamente o que esperar de “Romeu Imortal”, não me surpreendi, mas também não me decepcionei.  A história termina no mesmo ponto de “Julieta Imortal”, mas agora o futuro e o passado mudaram novamente graças a magia dos Embaixadores e dos Mercenários. Julieta, que no primeiro livro teve um final feliz com o seu amado Ben voltando para o século XVII, agora está de volta a sua tumba, onde ela sabe que Romeu não virá busca-lá e o líder dos mercenários não deixará ninguém ajudá-la.

Enquanto isso no tempo presente a alma de Romeu está despedaçada por todas as maldades que ele cometeu, mas a Enfermeira de Julieta, uma Embaixadora da Luz, vem ao seu auxílio lhe dando uma nova oportunidade para caminhar para o lado do “bem”. Mas para Romeu deixar sua existência desprezível e se tornar um Embaixador da Luz ele terá que fazer a jovem Ariel, corpo que Julieta abitou no primeiro livro, acreditar no amor se apaixonando por Romeu que está no corpo do cruel Dylan, que já fez Ariel sofrer.

Acontece que Romeu já se arrependeu dos seus pecados, e mais do que qualquer um ele precisa de amor para ficar em paz, e na sua luta para conquistar o coração de Ariel, ele que acabará se apaixonando por ela. Ariel é insegura devido as diversas cicatrizes que possui, além disso ela é constantemente assombrada por coisas que não consegue entender. Tímida, Arial já sofreu muito por ser tratada como uma “aberração” por muitas pessoas, a garota guarda muita raiva no coração, e um potencial enorme para sucumbir ao mal e causar destruição, como o próprio Romeu já fez, e agora ele terá que proteger Ariel de ter um destino terrível.

  • “(…) Viver nos corpos de pessoas mortas, viajar para diferentes realidades e passar
  • dias perfeitos com a garota em que você atirou na cabeça: isso tudo é impossível.
  • Mas você fez tudo isso. A magia tornou isso possível.
  • - O amor tem a sua própria magia – murmuro baixinho.

Gostei mais desse livro pelo fato de ler ser focado no Romeu, que na minha opinião é muito mais interessante do que a Julieta foi no primeiro livro. Os capítulos são narrados em primeira pessoa e alternados entre Romeu, Ariel e Julieta. Gostei de como a história se desenvolveu, apesar de que em alguns momentos tudo ficava muito confuso por causa das artimanhas dos Embaixadores e dos Mercenários, as várias “realidades” existentes na história também complicam um pouco mais o nosso entendimento.

Continuei não gostando da parte “sobrenatural” que a escritora Stacey Jay criou para deixar a história de Romeu e Julieta ainda mais trágica. Para mim, os embaixadores e os mercenários da história não representam exatamente o bem e o mal, eles acabam sendo apenas  criaturas muito poderosas, e que sejam quais forem suas intenções, gostam de manipular jovens casais apaixonados.

Eu gostei do livro e indico a leitura. Se você não gostou de Julieta Imortal por algum motivo, provavelmente também não gostará desse livro. Mas se você curtiu a história do primeiro livro e se encantou com todos os belos momentos românticos entre os personagens, tenho certeza que você gostará deste livro, talvez até mais do que o primeiro, como no meu caso. Eu adorei a capa, e marquei  no livro algumas das minhas cenas preferidas para quando eu estiver com vontade de suspirar com um casal muito fofo e atormentado como Romeu e Ariel, que juntos formam os protagonistas de uma bela história de amor.

Está participando da promoção de Natal Romeu Imortal? Então não deixe de comentar NESTA RESENHA! Ainda não está participando? Corra para participar porque o KIT que a NC preparou para o lançamento do livro é lindo!!  Espero que tenham gostado da resenha (:

  • “(…) Estou começando a compreender que só uma verdade importa, o tempo, o espaço e as realidades alternativas são tão insignificantes quanto as teias de aranha que removi
  • quando viajamos juntos de volta a esse lugar.”

9 comentários:

  1. Adorei a resenha já li Julieta imortal e esse livro ta na minha wish list pra ler *-*

    ResponderExcluir
  2. Vi muita gente falando desse livro, e que amou o "Julieta Imortal" e tambem o "Romeu Imortal", fiquei com muita vontade de le-los, ainda não tive a oportunidade de ler nenhum dos dois, espero que um dia desses eles me encontram.

    ResponderExcluir
  3. Terminei hoje "Julieta Imortal" e adorei a história, deu um gostinho de quero mais! E acabei de descobrir pelo blog que existe uma continuação rs, não vejo a hora de ler *--*

    ResponderExcluir
  4. Tenho curiosidade de ler os livros dessa autora, pelo fato dela ter feito uma historia diferente do que somos acostumados com Romeu e Julita. Li algumas resenha em que basicamente dizia que a autora meio que viajou nesse livro, enfim que ler o livro só pra matar a curiosidade a respeito dos livros dela.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Bem, ainda não li Julieta Imortal, e confesso que quero ler Romeu Imortal primeiro. Todas as resenhas e opiniões críticas que li parecem dizer que este livro é mais intrigante.
    Gostei muito da resenha e parabéns pelo blog :)
    abraços ternos!

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha , estou louca pra ler o livro ... Não me surpreendia muito com o livro Julieta mais é interessante *-__*

    ResponderExcluir
  7. Com certeza Julieta/Romeu imortal são livros que estão dando o que falar. Comprei Julieta Imortal porquê gostei da lombar do livro, e ficou bonitinho na estante (sim, sou dessas) porém ainda não li, mas já está na minha listinha. Gostei da resenha, e me fez ter mais vontade de ler os livros. Vamos ver! Bruna.

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei o primeiro então imagina minha ansiedade para ler este.
    Concordo quando você disse que a parte sobrenatural é meio chatinha, e cansativa mas mesmo assim pretendo lê-lo, beijos.

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo