#Resenha “O Diário de Suzana para Nicolas”

 

  • Título: O Diário de Suzana para Nicolas
  • Autor: James Patterson
  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 223
  • Conceito: 12334

Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”. Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida.

Perceberam que os últimos livros que eu li e postei resenha receberam todos cinco estrelas e entraram para a lista dos meus favoritos? Realmente estou com sorte nas leituras! Os livros Divergente e Lola eu já esperava gostar, mas “O Diário de Suzana para Nicolas” foi uma grande surpresa! A história de amor neste livro do James Patterson é tão linda e emocionante que estou com uma pequena depressão pós livro :’)

  • "(…) Quando o amor é verdadeiro, quando é certo, pode nos dar o tipo de alegria que não se consegue de nenhuma outra forma. Eu me apaixonei. Estou apaixonada. Então posso
  • falar por experiência própria; também tive longos períodos sem amor na minha vida
  • e a diferença é indescritível. Nós é muito melhor do que eu.”

Katie Wilkinson tem um emprego dos sonhos em uma grande editora de Nova York, no último ano ela conheceu e se apaixonou pelo poeta Matt, quem ela acredita ser o grande amor de sua vida. Mas repentinamente Matt termina o relacionamento dos dois sem muitas explicações, e desaparece da sua vida. Katie tinha certeza que Matt também a amava e não entende o que motivou ele a deixá-la. Todas as explicações veem quando Matt envia para Katie o Diário de Suzana para Nicolas, e logo que começa a lê-lo Katie descobre que na verdade Suzanna é a mulher com que Matt foi (ou está) casado, e Nicolas é seu filho.

Os livro é dividido nas partes em que é narrado em terceira pessoa, sob o ponto de vista da Katie, e no diário de Suzanna. Ainda jovem Suzana sofre um infarto, fato que a faz deixar seus amigos e seu emprego em um grande hospital de Boston para se tornar uma “médica do interior”, em Martha’s Vineyard. Na época Suzana decidiu começar uma nova, e tempos depois ela escreveu para o filho Nicolas no diário o que ela sentia, as lições mais importantes que ela aprendeu, suas experiências, e a felicidade que ela sente em ser mãe.

Suzana também escreve com detalhes como ela conheceu o grande amor da sua vida, Matt, o pai do seu filho, e um faz tudo talentoso. É muito difícil para Katie ler as palavras da carismática Suzana,  a mulher que ela não tem certeza se Matt ainda está ou não casado. Grande parte do diário é doloroso para Katie, mas ela continua lendo pois precisa entender porque Matt a abandonou, e onde Nicolas e Suzana estão agora afinal? Conforme Katie lê, sua vida vai se envolvendo cada vez mais com a história de Suzana, Matt e Nicolas.

  • "(...)Talvez este diário explique as coisas melhor do que jamais conseguiria. Se puder, leia-o. É sobre minha mulher, meu filho e eu. Preciso avisá-la, porém, de que algumas partes provavelmente serão difíceis de suportar. Nunca planejei me apaixonar por você, mas me apaixonei. Matt"

Não é apenas uma história sobre duas mulheres que se apaixonaram pelo mesmo homem, é muito mais do que isso, além de ser um grande romance é um daqueles livros que trazem algo a mais para nossa vida, e passa mensagens que realmente precisamos ler. Meus capítulos favoritos eram do diário da encantadora Suzana, em que ela narra o que aconteceu na sua vida sem nos deixar entediados. Os capítulos de Katie embora tristes também são bons, mas é no diário que realmente descobrimos os mistérios deste livro.

Eu amei ler “O Diário de Suzana para Nicolas”, a história nos prende na leitura e eu não conseguia parar de ler até descobrir o destino dos personagens. O livro é pequeno e muito rápido de ser lido pois a narrativa é bem direta, o que eu apreciei muito. James Patterson é um famoso escritor de suspense, seus livros não fazem muito meu estilo de leituras, mas a experiência com “O Diário de Suzana para Nicolas” foi tão boa que com certeza lerei mais livros o autor.

“O Diário de Suzana para Nicolas” possui uma história linda, sensível, e emocionante. Chorei nos momentos finais, apesar do autor não explorar muito o drama da história, ele sabe como atiçar nossa curiosidade encaixando bem todos os capítulos que nem sempre são lineares. E mesmo que eu tivesse uma boa ideia do que iria acontecer, o autor joga com os detalhes da história para nos surpreender. Com certeza um dos melhores livros que li em 2012, meu único arrependimento é de não ter lido ele logo (:

  • "(…) Boas lembranças são como talismãs, Nicki. Cada uma delas é especial. Você as coleciona, uma a uma, até que um dia olha para trás e descobre que elas formam um longo cordão colorido"

Pesquisando sobre o livro na internet descobri que já foi feita uma adaptação da história em 2005: “Suzanne's Diary For Nicholas”. Eu queria MUITO assistir esse filme, mas ele não é famoso e foi impossível (até o momento) encontrar o filme para download, legendado de preferência :/ Como a adaptação é antiga e não foi muito famosa, só posso esperar que o filme seja adaptado para os cinemas novamente. Essa história merece ser lida e assistida, mesmo que o filme não consiga (muito provavelmente) superar o livro!

5 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Gabriela! Estou ansiosa para ler O Diário de Suzana para Nicolas! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. É incrível o tanto de resenha positiva que já li sobre esse livro. Eu tenho muita vontade de lê-lo, já que também gostei muito dos trechos que o pessoal posta nas resenhas. Nunca li nada do autor, mas lembro que achei estranho quando vi os livros dele de suspense na livraria e de repente esse que, pela sinopse, parecia bem diferente dos outros.
    Minha "urgência" em ler o livro deu uma acalmada, mas com certeza ainda quero ler.

    bjos
    livrolab.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ansiosa pra ler! Parabéns pela resenha. :p

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo