#Resenha “Espíritos de Gelo” por Raphael Draccon

 

  • Título: Espíritos de Gelo
  • Autor: Raphael Draccon
  • Editora: LeYa Brasil
  • Páginas: 172
  • Conceito: 1234

Um homem acorda acorrentado com os braços para cima em uma sala escura, com dois torturadores vestidos com detalhes masoquistas ao lado e um interrogador baixinho, vestido com roupas sociais e uma camisa surrada do Black Sabbath. Eles o informam que ele acordou em uma banheira sem um rim e sofreu um choque amnésico, que o impede de lembrar os detalhes. Assim sendo, eles partem do princípio de que outros choques traumáticos podem desbloquear essas memórias, se necessários. E se iniciam as piores partes. O livro faz referências à lenda urbana da banheira de gelo, às lendas ao redor da história do rock’n roll e até às motivações e psicologia ao redor da criação de lendas urbanas.

Aqui estou eu de novo (Robs), dessa vez com um livro totalmente inesperado nas minhas metas de leitura. Eu confesso que já estava com ele na minha Wishlist, mas não era algo desesperador como Dragões de Éter. Eis que estava na bienal passando pelo estande da LeYa com a Gabis e garrei o livro e não queria soltar mais e por isso acabou sendo uma compra meio que aleatória. Por esse motivo e pelo fato da sinopse não dar muitas aberturas para saber qual o plot do livro, eu não tinha muitas expectativas quanto ao que seria passado pelo livro.

  • “Se você não lembrar do que aconteceu nas últimas horas, nós faremos com que sofra ainda mais, como se estivesse nos Nove Círculos do Inferno(…)”

Como eu disse, eu não tinha muitas expectativas para esse livro e também tinha uma ideia um pouco diferente do que seria passado de acordo com a capa, já que a sinopse não diz praticamente nada a respeito de como a trama se desenvolveria. Eu sei que é errado fazer isso, mas imaginei uma estória completamente diferente do que li só pelo fato da capa e do titulo levar a algo mais “místico”. É por isso que daqui pra frente irei colocar na cabeça que não devo ir simplesmente pela capa, porque por mais que o livro tenha sido bom, o fato de a capa demonstrar algo meio diferente ao meu ponto de vista acabou decepcionando.

Bom, a estória se desenvolve em cima de um rapaz que supostamente havia sido encontrado em uma banheira com gelo e com a ausência de um dos rins. Quando ele de fato acorda ele está em um galpão escuro e acorrentado, na presença de três outros caras. O que ele não esperava é que eles estivessem utilizando de um masoquismo no mínimo exagerado para chegar às memórias mais profundas do rapaz.

A tensão com que as coisas foram se desenvolvendo foi o que me cativou mais, toda a violência e o sangue foram suficientemente bons para me fazer ler o livro em um dia sem parar. Os fatos foram me conduzindo a algo engraçado e até um pouco tenso em algumas partes, me prendendo a cada instante para querer saber como aquilo iria se concluir.

O que me deixou um pouco “irritado” foi a constante citação de séries de TV, redes sociais, pessoas da antiguidade e tudo nesse tipo. No começo eu até gostei e achei legal, mas conforme foi se passando eu acabei achando um pouco maçante de mais, o que pra alguns leitores pode culminar no abandono da leitura. Mas deficiências a parte, o que acabou me surpreendendo foi à quantidade de erotismo apresentado no livro. Algo que me deixou de boca aberta por ser usado de maneira legal e convincente. Só foi uma pena que no fim todo o erotismo não passava de distração para nós, ingênuos leitores.

Eu posso dizer que o final conseguiu me surpreender e decepcionar ao mesmo tempo. Eu esperava algo maior só pelo fato da maestria aplicada no desenvolvimento da história, mas também não esperava que fosse aquilo que eu tinha lido e não tinha me dado conta o tempo todo. Eu fiquei com uma cara de “WTF, EU FUI ENGANADO”. Mas a decepção por ser um final meio fraco, que praticamente não levou a lugar nenhum teve mais peso na minha avaliação.

O livro como todo foi uma deliciosa aventura pra mim, pois nunca havia lido algo do tipo e recomendo bastante. Mas já aviso, se não quer ver um erotismo bem colocado, não leiam.

Olá leitores! Gabis aqui (: Como o Robs já comentou, compramos o livro juntos na bienal. Li “Espíritos de Gelo” em poucas horas, e o suspense da história conseguiu prender minha atenção totalmente, mas também fiquei decepcionada com o final… A história estava tão legal, e eu esperava uma conclusão melhor para os mistérios. Indico o livro, lembrando que se trata de uma leitura adulta, com muito sexo, e torturas que me angustiaram em alguns momentos da trama. AH! E concordo com tudo que o Robs escreveu na resenha :D

6 comentários:

  1. Adorei a resenha, adoro esse tipo de leitura! É muita vezes o que nos faz nos decepcionar com um livro é a concepção que fazemos da capa e não do enredo em si. Mas ele vai pra minha lista e meta de leitura! Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  2. Que engraçado, essa é o tipo de capa da qual eu correria em qualquer lugar! Relutei até para começar a ler a resenha kkkk
    Sou muito fraca com estórias que envolvem tortura (eu sofro lendo Os homens que não amavam as mulheres...), por isso, esse não é um livro que irá para minha wishlist, embora pareça interessante.

    :*

    ResponderExcluir
  3. LiteraLendo: Realmente a capa engana um pouco, porque ela não carrega nada da história do livro... Boa leitura!

    Thais, sim sei como é, também não gosto muito desse tipo de história :[ Apesar de Os homens que não amavam as mulheres ser ótimo *-*
    E, Espíritos de Gelo até acabou me surpreendendo, mas não suficiente :s

    Beijos! [:

    ResponderExcluir
  4. É me surpreendeu, mas não o suficiente mesmo gabi. Eu esperava muito mais do final, porque o livro se desenvolveu perfeitamente bem.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li algo do tipo, tortura, e já tô ficando empolgada, só com a ideia de como seja.
    E ele já está na minha wishlist, que só cresce rsrs

    ResponderExcluir
  6. Mandy se vc realmente quer explorar esse universo novo eu lhe indico muito o livro, é muito bom mesmo vale a pena. a minha wishlist também não para de crescer viu.

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo