|CRÍTICA DE DOMINGO| “Cavalo de Guerra”

Escrito por KARINY KELLY ou Kaah (@Kaahoiq_)  que aos domingos traz novidades, adaptações, top listas ou mesmo críticas de filmes para entreter os leitores do Mundo Platônico.

  • Título Original: War Horse
  • Ano: 2012
  • Duração: 145min.
  • Elenco: Benedict Cumberbatch, Tom Hiddleston, David Thewlis.
  • Gênero: Drama, Guerra.
  • Avaliação: 8,5/10

[Sinopse do filme] A aventura épica Cavalo de Guerra é um conto de lealdade, esperança e tenacidade ambientado no arrebatador cenário da Inglaterra rural e toda Europa durante a Primeira Guerra Mundial. Cavalo de Guerra começa com a admirável amizade entre um cavalo chamado Joey e um jovem chamado Albert, que o domestica e treina. Quando eles são forçados a se separar, o filme acompanha a extraordinária jornada do cavalo à medida que ele traça seu caminho para a guerra, mudando e inspirando a vida de todos que encontra no caminho — a cavalaria britânica, os soldados alemães, um fazendeiro francês e sua neta — antes que a história atinja seu clímax emocional no centro da terra de ninguém.

Eu não tinha expectativa alguma com relação a “Cavalo de Guerra”, desde o lançamento eu tive vontade de assisti, mas sempre surgiam outros filmes e acabei o esquecendo, até que finalmente me lembrei dele e finalmente o assisti.

Contradizendo o que eu disse acima minha única expectativa não era bem relacionada ao filme, mas sim à direção, pois se tratava de ninguém menos que Steven Spielberg.

É até normal vermos filmes relatar estórias sobre amizade e lealdade entre homens e animais. Em Cavalo de Guerra não é muito diferente, o enredo começa com a estória de Albert e seu cavalo Joey, porém, toma um rumo um tanto inusitado quando os dois precisam se separar por causa da guerra. A partir de então passamos a acompanhar a jornada de Joey pela Primeira Guerra Mundial, quem ele encontrou e quem o encontrou pelo caminho, e toda sua jornada durante os quatro anos de guerra, até retornar aquele que era originalmente o seu lugar.

É meio óbvio que o filme tenha toda aquela apelação para o sentimentalismo, até mesmo por ser uma estória sobre amizade interligada com os horrores da guerra, aos 45 minutos de filme eu, por exemplo, já estava chorando. Haha’

Êxito e destaque para as atuações de Tom Hiddleston (O Loki, de Thor) E Benedict Cumberbach (O Sherlock, da série da BBC) que realmente conseguiram brilhar durante o tempo que permaneceram na longa. Para mim eles foram os que mais se destacaram, embora, o elenco como o todo tenha cumprido bem a sua função.

Já vi comentários, até negativos, para o filme, por que alguns o consideraram clichê, ou por apelar muito para o lado sentimental, mas opiniões a parte, eu acho que Steven Spielberg consegue fazer até mesmo a mais clichê das estórias criar sua própria fórmula mágica para o sucesso.

Cavalo de Guerra recebeu indicação para o Oscar de melhor filme, porém infelizmente não ganhou. Contudo, se servir de consolo ele ganhou um espaço dentre os meus favoritos. É um ótimo filme, com uma ótima estória que com certeza merece ser visto.

O filme foi baseado no livro "War Horse", de Michael Morpurgo, lançado em 1982.

Uma semana inteira com apenas um post, me perdoem! Para compensar essa semana vai ser agitada aqui no blog com uma nova edição de “O que estou lendo?”, resenhas de livros incríveis e coberturas de eventos! Aguardem, participem da promoção e comentem! (:

Comentou? Então preencha o formulário! Saiba como participar da promoção “Eu Amo a Novo Conceito”.

7 comentários:

  1. Nunca tive vontade de ver esse filme, já tinha visto a sinopse e o poster, mas nenhum me chamou muita atenção. Mesmo agora com a sua resenha continuo sem vontade, não gostei de saber dessa apelação pro sentimentalismo rs

    ResponderExcluir
  2. Assisti esse filme sem vontade alguma :B
    Tenho uma amiga que assiste todos os filmes indicados ao Oscar e me arrastou para esse x)

    E o filme que eu fui ver com pretensões não muito boas, admito, me surpreendeu!
    É realmente uma história muito forte e muito bonita.
    Recomendo!

    ResponderExcluir
  3. Eu fiquei com vontade de ver esse filme desde que o trailer começou a passar nos cinemas daqui, mas estou evitando ao máximo porque sei que vai ser uma choradeira sem fim. Mesmo que todos sejam um pouco clichês, adoro filmes de animais!
    É bom saber que o filme não decepciona :D

    ResponderExcluir
  4. Hmm então o filme foi baseado em um livro, quem sabe eu leia o livro, mas o filme é sem chances pra mim. Detesto filmes que envolvem animais porque sofro demaisss, choro horrores, e eu odeio chorar com filmes uaheae Mas o livro é uma ótima ideia, viu! Vou anotar, obrigada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Geralmente não gosto de filmes com animais. Mas não sei porque adoro aqueles que envolvem cavalos. Acho animais fascinantes! ^^

    ResponderExcluir
  6. Assisti esse filme a pouco tempo atras e gostei muito *-*
    É uma história linda!

    Beijos,
    Feh
    http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca tinha ouvido falar desse filme!! Ando meio sem tempo pra nada, tenho que terminar uma monografia e minha vida além disso está meio de lado! hehe...

    Mas cavalos são meus animais preferidos!!! Acho que vou gostar demais do filme, quando um dia tiver tempo pra assisti-lo. Além de tudo, tem a direção do Spielberg!! Amo o diretor!

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo