#Resenha Garota Replay - O que você faria se encontrasse você mesma?

 

  • Título: Garota Replay - O que você faria se encontrasse você mesma?
  • Autora: Tammy Luciano
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 144
  • Conceito: 124
  • ***Comentem na resenha, em breve teremos uma super promoção valendo vários kits da Novo Conceito, inclusive o de “Garota Replay” ;)

Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também...

Num primeiro momento interessei-me pelo livro Garota Replay da escritora brasileira Tammy Luciano por causa de sua sinopse que nos apresenta uma premissa interessante. O que eu esperava, na verdade, era um romance juvenil bem água-com-açúcar, com um toque de sobrenatural talvez por causa da Replay da protagonista, mas infelizmente me decepcionei demais com a história.

“Ser agente mesmo pode não ser fácil, mas encarar quem somos é a melhor maneira de construir uma história de verdade.”

O livro começa com a personagem principal Thizi sabendo por sua melhor amiga que, seu namorado Tadeu e seu melhor amigo Tito brigaram por causa dela. Tadeu teria traído Thizi em uma boate e Tito tirou uma foto que provaria a traição, o que desencadeou uma briga entre os dois, que acabou em um acidente de carro. Os dois foram parar no hospital, preocupada Thizi saí para clarear as ideias, e inesperadamente encontra sua Replay.

Thizi fica impressionada com sua Replay, que é mais chique e mais bonita que ela, além de ter mais atitude e confiança. O começo do livro é muito chato porque Thizi, que narra todo a história, tem sempre os mesmos pensamentos repetitivos, suas divagações não combinam com sua falas, e é como seu realmente houvessem duas personagens diferentes, ela pensa demais e não expressa esses pensamentos em suas atitudes, é tudo bem cansativo.

No meio do livro a história se torna mais interessante e se desenvolve mais. Só que quando temos a esperança que tudo pode melhorar, o final surpreendente me decepcionou mais ainda, pelo menos eu não gostei nenhum pouco do modo como a autora terminou a história. A explicação que Tammy Luciano deu sobre a “garota replay”, não convence nenhum pouco. Não gostei, e acredito que autora poderia ter desenvolvido mais a historia e ter criado um final melhor.

"(…) Quantas vezes quis ser, quando mais me sentia ninguém? Quando sabemos quem somos nós verdadeiramente? Aquela presença tão real me trazia muitas reflexões e um enorme medo do caminho a ser percorrido até a tal e sonhada totalidade. Que papo-cabeça eu estava tendo, enquanto observava meu corpo na minha frente? Plenitude do ser era algo sobre o qual eu não tinha a menor ideia."

Tito é um personagem que “salva” a história com o seu carisma, mas os outros personagens até mesmo Thizi e sua replay, não se destacam muito. Os personagens são “jovens” demais para idade que eles têm no livro, 20 e poucos anos. Os diálogos são bem reais e a linguagem é atual, “Garota Replay” é um livro rápido de ser lido, pena que em alguns momentos a leitura se torna tão maçante com pensamentos repetitivos de Thizi. O romance da historia é fofo, mas nada de mais.

A minha nota para o livro é 2,5 porque eu não poderia dar uma nota melhor já que o livro é muito neutro, não me conquistou no começo, e me decepcionou principalmente no fim. “Garota Replay” com toda certeza não está entre os melhores livros nacionais, mas para aqueles que curtem história juvenis, com um romance previsível e uma mensagem fraca que não acrescenta muito, este livro pode ser um entretenimento legal para passar as horas.

"Algumas dores precisam ser vividas. A vida só funciona quando as certezas são maiores que as dores."

11 comentários:

  1. sua resenha deu uma esfriada na expectativa, mas gostei da sua sinceridade. é chato quando a gente sente que falta alguma coisa - ou várias coisas - num livro, e muito chato quando nem os personagens sustentam uma história. Mesmo assim quero ler pra saber o que me espera! :)

    beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gabi!
    Eu não gostei nem um pouquinho desse livro, e concordo com você: aquela coisa de como a replay apareceu ficou muito ruim :s
    Beijos,

    Gabriel M. Souza
    http://carolespilotro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Poxa Gabi, que pena que o livro não te agradou. E pela nota (2,5) ele não te agradou mesmo, né? Eu ainda não li, mas tenho visto mais resenhas dando notas fracas para a estória que o contrário...
    =(
    Espero ler em breve e dar minha opinião sincera também! Apesar de tudo, eu adoro ler resenhas sinceras e isso é bom pra compartilhar opiniões (sinceras também)!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Gostei da sua resenha, você não deu nota alta pro livro só pelo fato dele ser nacional, como outras pessoas fazem, você foi realmente sincera.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. A única coisa que me faria ler esse livro é o fato de ser nacional, porque a premissa não me atrai nem um pouco :~
    A sua resenha só reforçou o que eu já imaginava u.u
    Mas pelo menos o livro é pequeno né kkkkk

    :*

    ResponderExcluir
  6. Eu realmente não sei mais o que esperar deste livro, está se tornando uma grande incógnita para mim. E isso só alimenta a minha curiosidade.
    Quando li sobre o livro ele nem tinha despertado meu interesse por parecer uma história adolescente. Fiquei muito surpresa ao saber que a personagem principal tem 20 anos. Ao que me parece é o tipo de informação que deve ser esquecida para manter a leitura mais agradável, já que a personagem não parece agir conforme a idade.
    De qualquer forma idade não quer dizer maturidade né? Talvez seja esse o problema de Thizi.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Acho que não estranharia TAAANTO alguém parecida comigo. Afinal, já tenho uma! hehehehe
    Mas pra quem nunca teve e não faz ideia do que é ter e ver alguém parecida com você, deve ser assustador!

    ResponderExcluir
  8. Quando esse livro saiu também fiquei com vontade de ler, mas agora que li algumas resenhas de pessoas que não gostaram do livro me desanimei um pouco, a sua resenha só confirmou o que algumas outras pessoas disseram, se um dia for ler o livro vou começa-lo sem grandes expectativas!

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não li nenhum livro da Tammy, mas Garota Replay me pareceu infantil desde o início. Eu fiquei bem curiosa com o que é a Replay e como ela foi parar no mesmo lugar que a protagonista e imaginei uma coisa meio sobrenatural, ou viagens no tempo ou algo assim, é uma pena saber que a explicação é ruim e o livro decepcionou.

    ResponderExcluir
  10. Eu vi ele em um sebo aqui da minha cidade.. a capa era muito bonita e interessante, mas só lendo mesmo pra tirar minhas próprias conclusões. Embora a vontade seja menor agora hehe

    ResponderExcluir
  11. Tem gente que gosta muito desse livro, e gente que não gosta nada... Você está mais no segundo grupo, né? hehe... Mesmo assim eu quero muito ler, primeiro por ser um livro nacional, o que faz com que meu interesse cresça e, segundo, porque muito se fala sobre ele e eu preciso dar meu palpite! rs... Já estou com ele aqui, mas a fila de leitura parece não ter fim! hehe.. O Tito é o personagem que parece que mais agrada mesmo.

    Beijo!

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo