#RESENHA Mulheres Solteiras não são de Marte

 

Diana, Lili e Betina são amigas inseparáveis. E assim como todas as mulheres elas gostam de conversar, passear, fazer compras e namorar. Mas é claro que o universo feminino não é feito só de coisas boas. Como em um papo descontraído no bar Diana vai contando seus problemas cotidianos e seus apuros nos relacionamentos com homens de todos os tipos: canalhas, grudentos, super-heróis, traidores, fofinhos, príncipes, sapos e outros tantos babacas. Com certeza você irá se reconhecer em alguma (ou muitas) das histórias compartilhadas por essas amigas. Uma lição de vida e bom-humor que irá ajudá-la a superar, escapar e reconhecer o que cada homem tem para oferecer. Sem rodeios ou invenções. Baseado no blog Papo de Calcinha, este livro reúne uma coletânea das melhores histórias postadas no site, e algumas outras inéditas para você!

“Mulheres solteiras não são de Marte” - A jornada de Diana e suas amigas na busca pelo príncipe encantado, chegou totalmente de surpresa aqui em casa, e confesso que o livro não faz meu estilo de leituras, então fiquei um pouco com um pé atrás e deixei a leitura para depois. E quando finalmente decidi dar uma chance para o livro, fico feliz em dizer que me surpreendi e ri muito junto com Diana e suas amigas!

  • “(…) Não há nada pior para uma mulher do que precisar admitir, ouvir do seu espelho e das suas roupas o quanto está gorda. Acho que uma mulher preferia ser cega e surda nessas horas. Pior ainda é ter de se dar por vencida e entrar num regime.”

O livro trata-se de várias crônicas chic-lit, e acredito que eu já tenha comentado do blog que não aprecio esse tipo de leitura completamente destinada as mulheres, mas logo nas primeiras páginas a autora nos envolve em sua narrativa, e critica de uma forma muita engraçada situações que com certeza toda mulher já passou, ou ainda vai passar!

Não me arrependi de ter começado a leitura em nenhum momento, Diana - a protagonista vai nos cotando pouco a pouco todas as situações engraçadas e desilusões amorosas por que já passou, e  narrativa é muito gostosa, o capítulos são curtos e cada vez nos envolvemos mais com as personagens.

Gostei do desfecho do livro, quando você menos esperava a narrativa despretensiosa de Diana acaba, e ficamos com saudades de ler mais momentos engraçados da vida de Diana e suas amiga, Lili e Betina, três amigas inseparáveis e completamente diferentes uma da outra.

  • “-Corta, repica, faça o que quiser, mas me deixe sair daqui outra pessoa, pelo amor de Deus – supliquei ao cabelereiro.
    -Ih, terminou com o bofe?
    -Como você sabe?
    -Ah, minha filha, mulher quando chega desesperada desse jeito... Das duas uma... Ou arrumou um amante, ou levou um pé na bunda”.

Importante comentar que para mim definitivamente o livro não é de auto ajuda, como está classificado. Eu pessoalmente fujo de auto ajuda por isso meu preconceito inicial com o livro, mas ainda bem que a autora seguiu com a história de um modo totalmente inesperado, e todas as poucas horas que passei lendo o livro foram super divertidas. Indico “Mulheres Solteiras não são de Marte” para todas as leitoras do blog, tenho certeza que essas crônicas também farão vocês sorrirem, super indicado!! ;)

A semana começou super devagar no blog, me desculpem! Já estou cheia de trabalhos e projetos para entregar, mas prometo não abandonar vocês por muito tempo! :) Agora uma pequena pesquisa de qualidade, vocês gostaram da nova barra do blog, essa com links para as nossas redes sociais e últimos posts? Deem suas opiniões sinceras, qualquer coisa eu tiro a barra! (risos)

Universo dos Livros

7 comentários:

  1. Será que também devo dá uma chance? Não curto também esse estilo literário, e olha que já tentei! Vou pensar, rs.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, quando eu vi esse novo post no blog realmente pensei que não seria tão legal assim, mas só pela resenha já to sentindo um gostinho se quero mais.. Quem sabe esse não seja o próximo livro que irei ler, já que é tão bom quanto você diz, vale a pena certo? rs, bjs.

    ResponderExcluir
  3. Eu ja tinha ouvido falar bastante desse livro, confesso que nunca me interessei por ele, mas a sua resenha deixou um gostinho de quero mais que eu com certeza vou ter que adicionar esse nome a minha lista!kkk

    Beijinhos
    Escrevendo mundos

    ResponderExcluir
  4. não gosto muito desse tipo de livro, mas parece ser divertido.

    att,
    http://www.just-livros.blogspot.com/
    Tem Promoção no Blog!

    ResponderExcluir
  5. Se o livro for tão bom quanto a capa, será ótimo, por que eu achei a capa linda!!
    Ah Gabi eu gostei da barra, so não da cor! =P
    beijo

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto tanto de fantasia que quando leio outro estilo literário acabo sentindo a diferença, mas isso não quer dizer que não me divirta com uma comédia romântica. E geralmente são esses livros que trazem a graça e a leveza entre uma história pesada e outra.
    Entendo o seu pé atrás com auto ajuda, eu também não curto e já olho estranho quando um livro recebe esta classificação, é bom saber que este livro foi definido de forma errada.
    Sobre a barra que vc colocou no blog, não achei ruim não, até porque nós temos a possibilidade de ocultá-la caso seja de nosso interesse.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falar bastante desse livro, talvez o leia :)

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo