#Resenha Shadowspell: O misterioso Reino de Avalon

 

  • Título: Shadowspell - Faeriewalker #2
    Autora: Jenna Black
  • Editora: Universo dos Livros
  • Páginas: 280
  • Conceito: 12344
  • ***Spoilers para quem não ler Glimmerglass.

Magia, ilusão, ameaças... Dana descobrirá o preço da liberdade O reino de Avalon nunca mais será o mesmo. Um grupo de caçadores bárbaros liderados pelo poderoso Erlking está a caminho do reino e promete causar a destruição total do único lugar em que humanos e feéricos convivem em harmonia. Porém, nem tudo está perdido. Dana Hathaway, uma faeriewalker com a capacidade rara de viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia ao reino de Faerie, é obrigada a selar um pacto sombrio com o Erlking, que pode colocar a perder todos os seus poderes, deixando-a vulnerável perante um inimigo sedutor. Magia, sedução e muito suspense estarão presentes na vida de Dana, que nunca mais será a mesma...

Se Glimmerglass já foi emocionante prepare-se para Shadowspell, porque é nesse volume que a história realmente começa, e somos completamente envolvidos pelas tramas e perigos que rondam Avalon. A instigante mitologia feérica está mais intensa, e da fronteira que divide os perigos do Reino Faerie de Avalon, surge um misterioso inimigo, a história da faeriewalker  Dana com os feéricos está apenas começando.

  • “(…) Eu sabia que aquilo era um progresso. A magia que me cercava estava mais forte do que nunca, e tinha atendido mais rápido ao meu chamado. Agora só restava descobrir como convencê-la a fazer alguma coisa.”

Desde que sua tia psicopata tentou usá-la para usurpar o trono da rainha unseelie, Dana é mantida por seu pai em uma casa subterrânea e super segura, a liberdade que ela tinha quando cuidava de sua mãe bêbada e lidava com seus próprios problemas, agora aparece ser um sonho distante. Dana só pode sair da sua casa acompanhada do seu segurança Finn, e apenas se seu pai permitir que ela saia, afinal ela é uma faeriewalker, ser raro com capacidade de viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia ao reino de Faerie, e por isso muitos querem vê-la morta.

E como se não bastasse os problemas que Dana tem que lidar como sua magia recém adquirida, o ódio das rainhas feéricas, e seus sentimentos por Ethan - um feérico unseelie que não é muito confiável, Erlking chega a Avalon. Erlking é um ser muito poderoso e antigo, único feérico que pode ser considerado rei de Faerie,  um assassinado que caça e mata feéricos e humanos por puro prazer. Erlking tem um trato com as rainhas de Faerie, ele só pode matar quem elas permitirem, ou aquele que tentar desafiá-lo, e Dana parece ser sua próxima vítima.

Avalon está em pânico com a chegada de Erlking, todos temem sua presença, afinal nem as rainhas de Faerie tem poder suficiente para contê-lo. Dava vê sua pouca liberdade se esvair, e apesar de toda proteção de seu pai, nada pode deter esse poderoso e cruel feérico. A ideia é que Erlking veio a Faerie para capturar e matar Dana a pedido das rainhas, mas assim que ele a encontra não demonstra querer realmente matá-la, pelo menos não imediatamente, Erlking é tão assustador quanto tentador, e descobrimos que  suas intenções reais com Dana, são mais sombrias do que sua intensão de matá-la.

  • “(…) Então o Homem Pesadelo piscou para mim,como se ele e eu estivéssemos partilhando uma piada só nossa. Engoli seco. Não sei como, mas tive certeza que ele sabia da minha afinidade com a magia. Talvez tivesse sido a magia que evitou que eu me entregasse ao pânico.
  • Ele já era bem perigoso sem saber do meu segredo.”

“Shadowspell” é surpreendente, a história toma um rumos completamente inesperados, inclusive depois que finalizei a leitura voltei e reli várias cenas  ques se tornaram minhas favoritas da série. Quando comentei na resenha de Glimmerglass que o 1º livro era uma introdução a série Faeriewalker, eu não poderia estar mais certa, é realmente em Shadowspell que a saga de Dana começa,  Erlking um dos perigos dos tempos mais remotos e sombrios de Avalon ressurge, e Dana vai ter que ter coragem para enfrentá-lo sozinha.

A amizade de Dana e Kimber - irmã de Ethan, está mais forte nesse livro, Kimber é amiga de verdade e uma personagem encantadora. Ethan por outro lado não me conquistou nesse segundo livro, Dana ainda não acredita que pode confiar completamente nele, apesar de ele ter salvado sua vida, e eu concordo com ela. Uma das coisas que mais gosto nesse livro é que Dana se sente atraída por Ethan, mas ela não está completamente apaixonada ao ponto de ficar cega e ser enganada. Dana é esperta e completamente independente, não se deixa enganar, por isso ele é uma das minhas protagonistas preferidas.

Keane, o treinador de defesa pessoal de Dana ganha mais destaque nesse livro, mas Dana não é o tipo de protagonista de um triângulo amoroso, Ethan por si só já é complicado o suficiente. Descobrimos alguns detalhes sobreo passado do pai de Dana com a rainha seelie, e conseguimos entendê-lo mais, mesmo assim ele ainda não me convenceu, apesar de gostar da filha ele é um político muito fiel a rainha seelie.

  • “(…) Lágrimas escorriam pelo meu rosto enquanto ele suspendia o corpo inerte de Ethan nos braços ao se levantar. Estiquei a mão, querendo detê-lo, ainda que não soubesse como.”

A leitura é muito leve e envolvente, li apenas em uma tarde e me diverti muito, a narrativa de Jenna Black não é nada cansativa e acabei lamentando pelo livro ter apenas 280 páginas! Shadowspell é um prato cheio de supressas e muita magia, e além de tudo isso esqueci Ethan e Keane, e me encantei muito mais pelo vilão da história,  Erlking é um personagem tão bem construído, e na minha opinião ele ofuscou totalmente os outros feéricos do livro, quando vocês lerem irão entender o porque da minha fascinação por ele.

Vocês podem estar se perguntando, afinal se eu gostei tanto por que não dei 5 estrelas para o livro? (Eu dei 5 estrelas no Skoob) Eu gostei do livro, mas reconheço algumas coisas que poderiam não agradar tanto outras pessoas, como o próprio rumo que a história tomou pode não agradar a todos, mas eu acredito que o que pode desagradar mais é que Jenna Black finaliza os acontecimentos muito rapidamente, e depois de toda confusão em que ela meteu Dana, o último livro deverá ser bem maior para que a história seja bem encerrada com todos os mistérios resolvidos, e também para que os personagens sejam bem explorados.

Eu recomendo muito a leitura, Jenna Black  me conquistou totalmente! Amo a série Faeriewalker e estou ansiosíssima para ler o último livro da trilogia “Sirensong”, vamos torcer para que a editora Universo de Livros o publique logo!!

  

21 comentários:

  1. to louca p ler essa serie...*.*

    ResponderExcluir
  2. Vou ter que pular a resenha, pois ainda não li o 1º livro :B kkkkkkkkk
    Ah, mas essa série está na minha wishlist *--*

    Mas não posso deixar de comentar sobre as capas que, WOW, são lindaas!
    Me encantei muito *--*

    :*

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi! :D
    Não li porque ainda não li Glimmerglass. Mas desde que vi pela primeira vez fiquei com vontade de ler. Só não é uma prioridade. Como todos os outros que eu passei na frente. KKK'
    Mas acho as capas lindas. *-* Só achei essa um pouco diferente do estilo da primeira. '-' Mas ela também é linda. *-*

    Beijos,

    ResponderExcluir
  4. Quero ler *--* fiquei encantada demais kkkk e as capas então , muito lindaas adorei !

    ResponderExcluir
  5. O Erlking fez toda a diferença no rumo da estória. ADOREI ele *-* como você disse, foi um personagem SUPER bem construído. E o Keane, uma fofura. Adoro ele.

    Beijinhos,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ainda naum li Glimmerglass! Mas quero muito ler esta serie!

    ResponderExcluir
  7. Que capas maravilhosasss
    Preciso ler o primeiro ainda
    Mas mesmo assim li a resenha desse...

    ResponderExcluir
  8. Vou ver se consigo ler essa série ainda esse ano, o bom é que são 3 livros... uma coisa é certa quanto a série: as capas são lindas!

    ResponderExcluir
  9. Eu queria mt ter lido sua resenha de Shadowspell, mas como não li glimmerglass fiquei com medo de spoilers... volto aqui qdo tiver lido o 1º livro.

    ResponderExcluir
  10. “Quero ter a chance de ganhar o livro da série Faeriewalker que eu desejar, Glimmerglass ou Shadowspell!!”

    ResponderExcluir
  11. Como ainda não li Glimmerglass
    li a resenha por cima,para não descobrir algum spoiler mínimo.
    Fiquei com o pé SUPER atrás por ter triângulo amoroso,desde o PÉSSIMO final da trilogia Nightshade,que eu cética quando envolvem trios.

    TEAM Ren forever
    =/

    Bjs Nati

    ResponderExcluir
  12. aaaaaah, agora fiquei muito ansiosa para Shadowspell! Também achei Glimmerglass muito morno, não sabia muito o que esperar da série. Mas sua resenha me deixou super empolgada agora. Quero ver quias foram esses rumos que podem não agradar a todos, vou morrer de curiosidade! haha
    adorei a resenha! beijos :))

    ResponderExcluir
  13. Essa trilogia está no topo da minha lista! Ainda não li o primeiro livro, e pela sua resenha parece que os dois livros são ótimos.
    A capa de shadowspell ficou linda, mais eu prefiro a original, que é uma graça *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Essa trilogia está no topo da minha lista! Ainda não li o primeiro livro, e pela sua resenha parece que os dois livros são ótimos.
    A capa de shadowspell ficou linda, mais eu prefiro a original, que é uma graça *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Li Glimmerglass e adorei.
    Não vejo a hora de ler Shadowspell @_@

    ResponderExcluir
  16. não li ainda o primeiro livro!!! XD
    mas estou doidiiiisiiiiisssiissiima para ler
    entrou para minha lista de desejados!!!

    ResponderExcluir
  17. Eu AMEI a capa brasileira, achei muuuito mais bonita!!! *-*
    A cada dia que passa, sinto mais vontade de ler a série, pena que a grana tá curta e há algumas preferências na frente! hahahahah

    beijos!!!

    ResponderExcluir
  18. aaaaaaaaa como eu quero esse livro! Ele está em minha listinha a tanto tempo, mas ninguem quer me dar..
    Parabéns pela resenha, ela ficou perfeita, nem vou falar que eu babei litros com a capa né? rsrs

    beijinhos
    Escrevendo mundos

    ResponderExcluir
  19. Estou super ansiosa para ler o livro *---*

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo