#Resenha Cidade de Vidro - Os Instrumentos Mortais #3

 

Para salvar a vida de sua mãe, Clary precisa viajar à Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não importa que entrar a cidade sem permissão seja contra a lei e que desobedecer às leis possa significar a morte. Para piorar as coisas, ela descobre que Jace não a quer lá, e que Simon foi jogado na prisão pela Clave, os quais estão profundamente desconfiados de um vampiro que suporta a luz do dia.
Enquanto descobre mais coisas a respeito do passado de sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Caçadores de Sombras Sebastian. Com Valentim juntando a força total de seu poder para destruir todos os Caçadores de Sombras, a única chance destes sobreviverem é lutando ao lado de seus inimigos eternos. Mas conseguirão os Moradores do Submundo  e os Caçadores de Sombras colocar seu ódio de lado a fim de trabalharem juntos?

Estou em clima de final de séries, e depois do angustiante final de “A esperança”, “Cidade de vidro” veio para fechar o ano e a série Os Instrumentos Mortais com chave de ouro. Em seu livro mais sombrio e empolgante, Cassandra Clare nos surpreende com o desenvolvimento de sua história, o final dessa primeira parte da série não desagradará os fãs! Cidade de Vidro prova que é impossível não amar essa série, a qualidade da história só aumenta e somos surpreendidos com muita ação e mistérios a cada novo capítulo! 

  • "A sensação do coração de Jace batendo através da camisa a deixou tonta de alegria.
  • O coração de ninguém batia como o de Jace, e nem poderia."

O terceiro volume da série se passa em Alicante – A Cidade de Vidro, capital de Idris e terra dos caçadores das sombras. Mais poderoso que nunca Valentim está atrás do terceiro instrumento mortal, para poder finalmente dominar a Clave exterminando todos os membros do submundo, e os caçadores da sombra que estiverem contra ele, até mesmo seus filhos.

A batalha final contra Valentim se próxima, batalha que a Clave não poderá ganhar se não se aliar aos seus antigos inimigos: os membros do submundo. Mas será que a Clave vai conseguir superar seus preconceitos e aceitar ajuda? Clary e Jace são diferentes dos demais caçadores da sombra, e Valentim é o principal culpado por isso, mas o que ele realmente fez para mudar os dois? Eles realmente são irmãos? Durante o livro algumas revelações vão sendo feitas, o que deixa os mistérios cada vez mais fortes.

Um novo personagem chega para mudar os rumos da história: Sebastian, caçador das sombras que todos conhecem em Idris. Assim que o vê, Clary sente como se já conhecesse o misterioso Sebastian, e eles se sentem conectados. Mas Sebastian esconde segredos que são a chave para os mistérios da história, Jace não gosta dele instantaneamente, mas será Sebastian é realmente o que parece?

Cidade de Vidro tem TUDO o que eu esperava da série. Os personagens estão mais maduros, Clary mostra que é realmente uma caçadora das sombras em Idris. O drama que Jace e Clary enfrentam ainda é enorme, mas eles estão mais resolvidos nesse livro, sabem que se amam e pronto, não podem fazer mais nada sobre isso. O romance deles está mais presente na história, o que e ótimo, e a chegada de Sebastian foi uma sacada super inteligente para resolver –ou não – o problema dos dois.

"Por que pense em como nós iremos nos sentir de manhã. Pense no quanto pior será fingir que nós não significamos nada um para o outro na frente dos outros depois de nós termos passado a noite juntos, mesmo se tudo que nós fizermos seja dormir. É como ter apenas um pouquinho de uma droga...que apenas faz você querer mais."

Jace com certeza é o personagem mais marcante da série, e ele sofre muito nesse livro. As descobertas sobre o seu passado podem não ser tão boas, mas ele não me decepcionou, toda a coragem e determinação que eu admiro nele continuam lá. Simon também merece grande destaque, acidentalmente ele vai para Alicante, e lá todos querem saber como que um humano recém transformado em vampiro não é ferido pelo sol. Simon está muito mais complexo nesse livro, e seus problemas estão cada vez maiores, o que cria ganchos para a próxima parte da série.

Não me canso de elogiar a autora Cassandra Clare, ela foi muito inteligente para finalizar a série, deu uma boa resolução para todos os mistérios e, conseguiu focar sua narrativa em vários personagens, explorando todos eles.  Alec, Isabelle estão muito mais presentes nesse livro, e eles me conquistaram de vez! Isabelle ganhou minha admiração, e Alec e Magnus são muito fofos juntos(Team Malec!). Luke continua sendo um personagem apaixonante, e ele se destaca ainda mais nesse livro. Jocelyn, a mãe de Clary, é outra que ganha destaque, chegando na história para resolucionar os mistérios da série, afinal ela é a única que pode saber o que Valentim realmente esconde.

Outra coisa que eu admiro muito nessa história é o senso de humor. A tensão do livro é muito grande, a batalha em Alicante está um caos, mas mesmo assim os personagens ainda conseguem tirar boas risadas de mim, seja com o forte sarcasmo de Jace e ou as piadas de Simon, estes que são dois personagens que passam por muitas coisas ruins, mas mesmo assim não perdem a graça, e eu amo isso!

- Você alguma vez já pensou que, em alguma vida passada, Alec foi uma senhora com noventa gatos que vivia gritando com a vizinhança para saírem do seu quintal? Pois eu já.

Escrever a resenha de Cidade de Vidro foi difícil porque gostei imensamente dele, para mim o final da série foi perfeito, amei a resolução dos mistérios! Todos os personagens me agradam, até mesmo os vilões super interessantes que Cassandra criou! Com certeza a série Os instrumento mortais sempre vai ter um lugar especial na minha estante, e nunca me cansarei de elogiá-la e indicá-la.

Cassandra Clare coloca um ponto final na série, mas deixa pouquíssimas pontas para serem resolvidas na segunda parte da história, que se inicia com o livro “City of Fallen Angels”. Eu fico com um pé atrás porque gostei do final e a série poderia ter acabado ali, tenho muito medo que a qualidade dela decaia, mas já li ótima críticas a respeito desse novo livro, inclusive alguns spoilers bem instigantes! Clare melhora sua escrita a cada novo volume, e espero sinceramente que ela continue assim. Não tenho mais nada a dizer sobre “Cidade de vidro”, apenas que leiam, leiam e leiam!!

  

11 comentários:

  1. Ei Gabi,

    Cidade de vidro é perfeito mesmo, eu também amei amei demais rs. Eu já li a resenha de City of the fallen angels e pelo jeito não perdeu qualidade não, estou ansiosa já pelo quarto livro.

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi! :D

    Não li a resenha porque ainda não li os outros livros da série, mas estou muito ansiosa pra ler. Acho que vou comprar agora nesse final de ano! Essa série parece ser muito boa! Quero ler já faz um tempo!

    Bjuu' ^^

    ResponderExcluir
  3. Não fecha a série nãao, tem City of fallen angels, e City of souls que vai lançar ano que vem. Eu fiquei no mesmo clima quando terminei, mas quando descobri que tinha continuação, mais que surtei de felicidade, haha. É uma série muito mais do que perfeita!

    xx carol

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho o Cidade dos Ossos e Cidade das Cinzas e estou louca por esse livro, diz que nele é revelado que a Clary e o Jace não são irmãos \m/

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente ainda nao tinha tido tanta vontade de ler esse livro mas vc dizendo q ele é tão sensacional assim até que surgiu uma pontinha de interesse!!

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro ler resenhas pra saber o que os outros acham sobre o livro que desejo, e a sua resenha foi a melhor que já li sobre este livro. Sucesso no blog!

    ResponderExcluir
  7. Cidade de Vidro é incrível e seria um perfeito final, era o previsto, mas a Cassandra acabou decidindo por escrever mais 3 livros para a série Instrumentos Mortais.
    Fica claro em Cidade de Vidro a resolução de muitas questões o que ressalta ainda mais o que seria o final da trilogia.
    AMO IM e ainda não achei ninguém que não tenha se apaixonado pela escrita da autora, pela história e pelos personagens (em especial Jace <3)rs Sempre, em todos os livros que li dela até agora, me surpreendi com a sua capacidade de criar reviravoltas,as histórias mudam a cada capitulo praticamente, dando toda esta agilidade que eu adoro a história.
    Adoro a série e recomendo.
    Gostei bastante da resenha!
    PS: Li City of Fallen Angels e amei e minha língua coça para mencionar spoiler... mas vou respeitar.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Estou super empolgada pra ler esse logo, mas prefiro esperar ter toda a série primeiro pra não ficar parando *-*

    ResponderExcluir
  10. Eu acho as capas desta série a coisa mais linda do mundo.
    Apesar de nunca ter lido, admiro bastante a autora.

    ResponderExcluir
  11. gostei muito da resenha so li o primeiro mais mal posso espera para ler os outros tres

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo