#Resenha “Bela Maldade”

 

  • Título: Bela Maldade
    Autora: Rebecca James
  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 302
  • Conceito:
  • *Comente nessa resenha e ganhe pontos para participar das promoções que estão rolando no blog*

Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade. No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada...

Um dos lançamentos mais surpreendentes do ano, com uma ótima sinopse que faz jus a essa trama  envolvente e bem construída. As vezes nossos erros podem ser fatais e temos que aprender da forma mais difícil. As vezes confiamos naqueles que não são o que aparentam ser. Contamos nossos segredos e somos envolvidos e traídos pela maldade das péssimas intenções. A amizade pode ser mortal.

  • Temporariamente esqueço a noite em que compreendi a horrível verdade
  • sobre mim mesma, esqueço tudo o que tem relação com a noite em que descobri a covarde
  • imunda e vergonhosa no âmago da minha alma.

Katherine Patterson possui um passado marcado por uma tragédia que devastou sua família, sem poder suportar tanta pressão e tristeza, ela decidi se mudar e começar uma nova vida em outra cidade. Katherine se tornou muito introvertida e vive na solidão com medo que as pessoas descubram o seu passado e comecem a julgá-la, até que ela conhece Alice Parrie.  Alice é linda, espontânea, possui uma alegria contagiante, e quer ser amiga de Katherine a qualquer custo, a  última fica encantada com todo aquele entusiasmo e atenção que Alice lhe dedica e logo elas se tornam amigas inseparáveis.

Mas nem tudo é perfeito, por muitas vezes Alice deixa o seu lado encantador de lado e toma atitudes impulsivas, ela diz e faz coisas que beiram a crueldade. Alice é egocêntrica e quer que todos sempre estejam prestando atenção nela, ela brinca com os sentimentos dos outros, e com o passar do tempo conhecemos cada vez mais o lado sombrio de sua personalidade. Katherine não demora para perceber que Alice não é exatamente o tipo de pessoa que ela deveria ter como amiga. Mas agora já é tarde demais, Alice já conhece os seus segredos e não aceita de maneira nenhuma ser rejeitada.

  • Alice a ignora.
  • - Embora eu realmente não devesse estar surpresa. Sabendo o que eu sei, não é? A natureza humana não muda. Um covarde é um covarde é um covarde. Você não concorda Katherine? – E ri rancorosamente, jogando sua cabeça para trás.

A história não segue uma ordem cronológica, e o livro é narrado por Katherine em três momentos diferentes de sua vida: os capítulos se alternam no passado distante, na época da tragédia da família, no passado mais recente, que narra seus momentos com Alice, e no presente de Katherine, onde Alice representa uma grande amargura. A narrativa do livro é instigante em todos os três momentos da vida de Katherine, queremos saber a verdade sobre a terrível tragédia que abalou a família aparentemente perfeita, mas ao mesmo tempo queremos desesperadamente saber o que Alice fez de tão cruel para deixar tanto ódio e tanta desconfiança na vida da Katherine no presente.

Não há muito para dizer sobre esse livro além de que ele é ótimo, a história envolve muito o psicológico dos personagens e mexe com as nossas emoções, quanto mais chegamos perto de descobrir a verdade sobre a tragédia, e sobre quem é verdadeiramente a Alice, mais medo nos dá pois essas verdades podem ser terríveis. Em muito momentos fiquei com o coração apertado e tinha vontade de gritar para que a Katherine fugisse da Alice o mais depressa possível. Alice me casou arrepios em vários momentos da historia, e quando descobrimos a verdade, suas frases cruéis não são nada comparadas a  sua maldade.

Por um instante penso em enfrentá-la, perguntar por que está tão decidida a me ferir, mas desisto rapidamente. É inútil. Não quero ouvir suas explicações – não há uma desculpa racional ou aceitável para o que ela fez – e não quero ouvir uma de suas justificativas insinceras. Só quero que saia daqui.

Creio que o melhor do livro é lermos a evolução da Katherine, em como ela era ingênua antes da tragédia e depois sofreu muito aguentando peso de sua culpa, a confiança que ela depositou na Alice acreditando que ela era realmente sua amiga, e anos depois como simplesmente pensar na Alice lhe trazia uma grande aflição e a consciência de que nem todos são o que parecem, e algumas pessoas possuem uma grande capacidade para fazer maldades.

Uma das melhores leituras adultas do ano, o livro nos faz refletir, afinal quem nunca cometeu um erro que poderia ser fatal? Ou quem nunca teve uma amiga(o) que na verdade não é tão amiga assim. A história, como já diz nada capa, é brilhantemente bem construída, a autora tem domínio total sobre os acontecimentos e suas consequências. O livro mexe com agente e mostra que as vezes temos que aprender da maneira mais difícil.

Perceberam como amei a história não é mesmo? Perfeito para aqueles que gostam de um bom thriller psicológico com uma história instigante e  bem construída, a autora sabe nos envolver com sua narrativa. A história me surpreendeu de várias maneiras, e tenho certeza que vai surpreender vocês também, não deixem de ler, está mais que indicado!

Curiosidades: O título original é Beautiful Malice, clara brincadeira com o nome da personagem Alice, que se tornou uma das personagens mais marcantes - e assustadoras - da minha estante! A capa é belíssima, e possui detalhes em verniz holográfico, um das mais bonitas da editora Intrínseca!

11 comentários:

  1. Estou querendo ler esse livro desde que ouvi falar do lançamento, acredito ser uma história bem diferente e que vale a pena ser lida ;D

    Gostei da resenha!

    Bj;*
    Naty - Just Books !

    ResponderExcluir
  2. Oi, gostei da sua resenha, estou quero ler esse livro há um tempo já. Amei!

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi! :D
    Nossa, esse é mais um lançamento da intrínseca que eu fiquei com vontade de ler desde que vi pela primeira vez.
    A sinopse é ótima, e a trama parece ser perfeita.
    Sua resenha aumentou minha vontade e curiosidade para ler e descobri a história da Katherine.

    Eu só não curti muito a capa, não gostei desse azul. haha'

    Ótima resenha! ^^
    Bjuu' (:

    ResponderExcluir
  4. Olá Gabi quero ler esse livro a bastante tempo, só a sinopse já me encantou agora com a sua resenha vou procurar arranjar um o mais rápido possível. Sua resenha foi muito bem feita, parabéns.

    tudoporcultura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oiii!!

    Parece ser ótimo o livro!!!
    Quero ler!! Infelizmente, isso irá demorar um pouco devido ao meu pequeno problema de verba... rsrs Adorei sua resenha, e o book tour ;D

    Beijos,
    Ann .:. anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante esse livro, fiquei louca pra ler ele todinho!!! Ótimo post! Parabéns pelo Blog!♥

    ResponderExcluir
  7. Esse livro me atraiu mais pela capa do que por qualquer outra coisa.
    Mas parece ser bacana!
    Gostei da resenha. =)

    beeeeeijoo, Nayanne.
    http://www.bookaholicworld.com/

    ResponderExcluir
  8. Realmente é um livro que desperta muita curiosidade.Como você disse parece ser um livro com muitos mistérios e um pouco de suspense.
    Achei a sua resenha ótima, e só me fez querer lê-lo ainda mais.

    Parabéns pelo post e pelo niver do blog :D

    Bjs!!!!♥
    http://mi-mundoteen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha, só tenho lido coisas muitos boas sobre este livro!
    Deu de perceber sim que amou o livro ehehehe isso acontece muito comigo.
    Beijokas enormes
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink
    http://meulivrorosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha! E eu conheço uma pessoa bem parecida com essa Alice...
    Quero muito ler '-'

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo