#Resenha “O rei e o camaleão”


  • Título: O rei e o Camaleão
  • Autor: Christian David
  • Fumproarte/Idéias a Granel
  • Páginas: 120
  • O livro compõe-se de duas histórias destinadas ao público jovem e adulto.
  • “O monge rei”
A história se passa na época de reis, castelos e lutas de espada, estilo idade média o que nos instiga mais a ler a história. O legítimo rei de Fangot, Petrus ferido em uma batalha perdeu a memória, e foi afastando do seu reino durante cinco anos, o usurpador do trono, Solano deixou Petrus sobre observação em um retiro monástico.
Solano chantageia o “Mestre maior” do retiro para que ele nunca revele a Petrus sua verdadeira identidade, mas estando o Mestre maior a beira da morte revela a Petrus o segredo que guardou durante os cinco anos que Petrus permaneceu vivendo no retiro. Sendo revelada a verdade Petrus recupera a sua memória, agora mais forte e como se tivesse nascido novamente, Petrus parte para Fangot juntando forças no percorrer do caminho para reivindicar tudo aquilo que lhe fora tirado.
Enquanto isso Solano planeja o seu casamento com a até então viúva do rei Petrus, a rainha Litara, que acreditando na morte do marido se vê obrigada a se casar. Mas Litara não aceita a ideia do casamento de jeito nenhum e envia Garbo, um homem que era fiel ao rei Petrus, até o reino de seu pai em Vizinau pedindo sua ajudar para escapar do casamento, mesmo que isso significasse uma guerra. Pede também para que Garbo lhe enviasse rosas brancas se tudo desse certo e rosas vermelhas se o plano da ajuda de seu pai não desse certo, e esse seria o fim para a rainha Litara.
Petrus se encontra com Garbo em Vizinau, e juntos com outros homens  fieis ao antigo rei ele partem em direção a Fangot para tirar Solado do reinado e principalmente para Petrus ter sua esposa de volta.
No palácio Litara recebe uma grande quantia de rosas vermelhas e não vê outra opção a não ser suicidar-se no dia do casamento.
  • “O Camaleão”
História futurista. Um dos único sobreviventes da tragédia da colonização no planeta Bandeira 1, Meg Knox, possui um dos peculiar, ele é um transmorfo, E trabalha sendo um agente da SIGI, Serviço Intergaláctico de Inteligência. Knox é sempre envolvido nas mais perigosas missões por causa do seu dom, nessa história ele é enviado até  Planeta Zara para personificar o governante do planeta, o ditador Sorbone, que vinha agindo de maneira muito esquisita nas últimas semanas, Knox tem que assegurar a entrega do poder as mãos do povo, como Sorbone já havia prometido. Mas tudo da errado, seu disfarce é descoberto  e ele precisa usar toda a sua inteligência e astucia para continuar vivendo.
Tudo piora com a presença de um dos seus irmãos, também transmorfo entre em cena querendo causar o caos no planeta. Com a ajuda de Saila, a segunda-em-comando no planeta, Knox Junto com ela e mais alguns colaboradores precisam resolver a situação antes do início da conferência de paz.
O livro possui uma narrativa rápida e que te prende em ambas as histórias, que são ótimas. Outro ponto positivo é que as histórias não ficam confusas, a narrativa e simples e clara e nenhum momento deixa você perdido e se perguntando o que está acontecendo  o que aconteceu com alguns livros que tenho lido.
Realmente recomendo, o livro é bem curto e as poucas horas que passei o lendo foram muito gratificantes, as história te envolvem e ajudam a relaxar, o que é mais um ponto positivo! Obrigada Christian pela oportunidade  de ler essa ótima história! O Christian David parceiro aqui do blog e em breve você terá a chance de receber esse livro na sua casa, fiquem atentos!

11 comentários:

  1. Não gostei muito não :/
    Você continua sendo destaque lá no meu blog, viu?
    Comenta lá:
    www.meninamania-juh.blogspot.com
    Bjs (:

    ResponderExcluir
  2. Eu não curti muito a capa, mas ultimamente tow lendo tanto histórias épicas e futuristas que talvez até eu goste... valeu pela dica gabi!!

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante, algo mais antigo que possa nos passar uma boa conclusão do livro.

    ResponderExcluir
  4. Não é muito o tipo de livro que eu gosto de ler, mas parece ser bem legal. (:

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  5. deu vontade de ler por causa da história o monge Rei.
    Gsoto dessas histórias de batalhas, reis, idade média.
    rsrsrs
    Parabéns pela dicas.

    ResponderExcluir
  6. Ah já tive a oportunidade de ler esse livro, muito bom mesmo. E ficou ótima a postagem, parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Esse desafio é demais *-*
    Também estou participando.

    Amei o seu blog, Gabi! Lindo, lindo!

    Aceita parceria?
    Estou levando o seu banner de link, rss...

    Beijão.

    ResponderExcluir
  8. Adoro as suas dicas, são sempre muito boas...

    ResponderExcluir
  9. Prefiro livros de drama e romance, mas parabéns pela resenha...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Esses eu não conhecia. Gostei da dica! Vou procurar pra ler.
    Até!

    ResponderExcluir
  11. Ótima a resenha, parabéns!
    parecem histórias interessantes,
    principalmente "O monge rei" - gosto desse tipo de história!. Se tiver mais algum livro do gênero para me recomendar, agradeço!


    Perfil Skoob: http://www.skoob.com.br/usuario/296341

    Twitter: twitter.com/A2Duarte

    ResponderExcluir

Adoro receber críticas construtivas! :)
Sempre que posso reservo um tempo para responder todos os comentários!
Obrigada desde já pelo carinho!

xoxo

© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo