MARATONA LITERÁRIA DE CARNAVAL/ÚLTIMA SEMANA DE FÉRIAS

Decidi aproveitar minha última semana de férias da faculdade, e também esse feriado de carnaval (em que minha tv não para em canal aberto em nenhum momento) para fazer minha primeira MARATONA LITERÁRIA :D Inspirada na Tatiana Feltrin do canal TinyLittleThings, que faz maratonas literárias muito legais, e é uma das minhas youtubers favoritas! 

Não se assustem porque não pretendo terminar de ler tudo o que eu separei, até porque todos os livros tem 400 páginas ou mais (risos). Meu objetivo com essa maratona é acelerar meu ritmo de leituras que anda lento demais, terminar de ler séries que eu venho adiando, e também diminuir minha pilha de leituras atrasadas. 

Então vamos lá:

Vou terminar de ler Sempre (Os Lobos de Mercy Falls #3) OK
Terminar de ler Batman: Silêncio - Parte 1
Continuar a leitura de A Rainha do Castelo de Ar (Millennium 3) Finalmente!!!
Ler Uma Nova Esperança (Star Wars: A Trilogia)
Começar a ler Sonhos Com Deuses e Monstros (Feita de Fumaça e Osso #3)
Começar a ler Reino do Amanhã - Edição Definitiva


Minha maratona vai durar uma semana, até o final o próximo sábado à noite. Para acompanhar na íntegra me sigam no Instagram @gaabisam que vou atualizar o andamento das minhas leituras por lá :)

Volto no domingo dia 14 contar para vocês como foi essa minha primeira experiência com maratonas literárias, até lá haja café

Projeto: Desapegando de Livros (Introdução)

Uma das palavras chaves que determinei para mim em 2016 é desapego de coisas que eu costumo acumular e que não na prática não têm mais utilidade. Desde a metade do ano passado estou limpando meu guarda-roupa e gavetas, nesse processo joguei muita coisa fora, doei o que estava bom, e descobri peças que eu nem lembrava mais que tinha, isso me ajudou muito a frear o consumismo desnecessário, e me fez ter mais consciência do meu espaço, das minhas preferências na hora de me vestir, e da importância de investir no que eu realmente preciso. 

Comecei a "desapegar" de várias coisas que não faziam mais sentido para mim tê-las até que cheguei nos meus livros


Pensar em tirar qualquer livro da minha estante em um primeiro momento me pareceu um exagero, pois venho doando e vendendo livros no sebo com frequência, mas mesmo assim nunca tenho espaço suficiente nas minhas estantes, tenho pilhas de livros espalhadas pelo meu quarto, e uma lista cheia de livros que eu tenho, mas nunca consigo ler, e falta de tempo já não é  mais uma desculpa tão boa. 

Para mim desapegar de parte dos meus livros não é um ato radical ou um novo estilo a que eu estou querendo me adaptar, é necessidade mesmo. Mas, o principal para eu tomar a minha decisão de desapego definitiva é que observando com mais atenção meus livros eu notei que:

1) Muitos dos livros que  tenho há anos e não li até hoje é porque eu realmente não quero ler, não os comprei ou ganhei e alguns deles não me instigam a sua leitura em um futuro próximo, OU

2) Livro que eu já li e não tenho vontade de reler

Qual seria o sentido de continuar a ter esse livros? 

Eu sei porque eu os guardei até agora, alguns ficam bonitos na minha estante, outros só servem para me lembrar que eu preciso lê-los, mas a vontade nunca surge.

Como realmente começar colocar em pratica esse "projeto" de desapego literário na minha vida surgiu com a leitura do post Como desapegar de livros do blog Less is the new black que eu leio sempre e adoro, em que a autora Dani Kopsch listou algumas razões para o desapego de livros ser adotado:

– O conhecimento circula ao invés de ficar parado na estante. 
– Você não gasta dinheiro com livros novos enquanto tem uma fila de espera na estante. 
– Com poucos livros em casa, você finalmente pode colocar sua leitura em dia.
 – Você vai ter prateleiras apenas com livros que você adora. 
– Sem os clássicos obrigatórios e os “livros para os outros verem na estante”, o seu estilo fica visível.
Eu que já pensava há muito tempo em desapegar de parte dos meus livros ler essas razões para efetivamente concretizar esse desejo me animou muito! A ideia é que vocês acompanhem comigo todo o processo: Quais livros irei doar, vender, os que irão ficar, e os meus critérios de escolha. 

O projeto Desapegando de Livros será uma nova série aqui do blog em que irei atualizar vocês das minhas ações até que eu esteja satisfeita com a minha estante e sem mais livros espalhados pela minha casa que outras pessoas poderiam estar lendo.

 Espero que vocês tenham achado interessante a ideia, quem quiser me acompanhar nesse desapego literário não se sinta acanhado! É por um bom motivo e o resultado será circular mais cultura por aí ;)

#NAMINHAESTANTE ESPECIAL 21 PRIMAVERAS

No começo de janeiro comemorei 21 primaveras, dá para acreditar? 

Em pensar que eu criei e comecei a escrever no Mundo Platônico com apenas 15 anos. Confesso que não estava nada ansiosa para comemorar este aniversário em que comecei a sentir o peso da tal “vida adulta” que de divertida não tem nada. Mas, para minha grande surpresa meu aniversário de 21 anos além de muito bom foi com certeza o mais nerd que eu já tive! (risos) Tudo isso graças a minha família e amigos que o tornaram especial e me deram os presentes mais legais possíveis.

Todo ano aqui no blog costumo postar a minha wish list de aniversário com livros desejados, mas este ano resolvi fazer diferente e mostrar para vocês algumas das coisas que eu ganhei, porque me surpreendi e amei os presentes, alguns deles inclusive tem a mesma temática e ninguém combinou nada, sincronia perfeita, para vocês verem como as pessoas a minha volta me conhecem bem (ou buscam informações aqui no blog haha).


Eu ganhei da minha irmã linda o Funko Pop de Harry Potter, fofo demais, agora só falta a Hermione para eles ficarem perfeitos na minha estante! Eu tinha comentado na Comic Con Experiencie que o Funko do Harry foi uma das coisas que vi lá e prometi voltar no próximo ano para comprar, um a menos na minha lista! (risos)

Miniatura do Yoda, e o chaveiro do Darth Vader, que com certeza não o usarei para colocar chave nenhuma haha Ele está bem melhor na minha estante. 
Também ganhei o livro Star Wars - A Trilogia, eu não esperava ganhar nenhum livro muito menos essa edição maravilhosa da Dark Side Books que é em capa dura, capa metalizada, diagramação perfeita, fiquei muito feliz! Viram como a força está poderosa na minha estante agora? \o/ Esses últimos presentes eu ganhei dos meus tios.


Ganhei do meu pai "Star Wars: A Saga Completa" com os seis primeiros filmes da série (olhos brilharam) em blu-ray, vários extras,09 cds, enfim, já assisti tudo de novo! Para encerrar os presentes de Star Wars, xícara com o Vader estampado, não dá para ver na foto, mas ele está lá. Todos esses presentes de Star Wars e ninguém combinou nada, só conhecem a minha nerdice mesmo :D

Ganhei “Sonhos Partidosde uma amiga, nós lemos o primeiro capítulo do livro que é muito impactante, e depois de uma conversa rápida sobre querer ler o livro eu, novamente, não esperava ganhá-lo e foi uma surpresa linda (obrigada, amiga!) E por último, mas não menos importante, ganhei da minha prima essa xícara linda do Homem de Ferro, que eu confesso que tenho dó de usá-la haha, muito bem feita, nerd demais, passo na cozinha toda hora só para ficar admirando ela (risos).


O presente que me dei de 21 anos foi muito maduro, uma camisa perfeita de Star Wars, com o Boba Fett e o Vader, que encontrei em um passeio no shopping (na segunda foto montagem). Foi a primeira “coisa” de Star Wars que eu tive depois do lançamento do Episódio VII, e eu realmente não esperava ganhar nada, muito menos algo relacionado a saga, então imaginem minha surpresa. 

Então sim, eu fiz 21 anos e fiquei super feliz por ter ganhado miniaturas do Harry Potter, de Star Wars, xícaras de heróis, livros, e meus filmes favoritos, imaginem as nerdices do meu aniversário de 30 anos! hahaha :)  

#Resenha "O Desafio de Ferro" - Magisterium #1

Cassandra Clare e Holly Black. O Desafio de Ferro. Editora: Novo Conceito. 2014, 384 p. 

Ganhei O Desafio de Ferro, primeiro volume da série Magisterium, de aniversário no começo do ano passado, e depois da leitura me arrependi de tê-lo deixado parado na estante por quase um ano, porque é uma leitura rápida, a diagramação do livro está muito bonita, o tamanho das letras, que é grande para o padrão das editoras, me agradou muito, além de que a história me surpreendeu de verdade como poucas fazem ultimamente. 

“(...) Eu vejo através das máscaras de pele o que vocês vestem. Vejo o seu futuro. 
Um de vocês irá falhar. Um morrerá. E outro já está morto.” 
© Mundo Platônico Todos os direitos reservados.
Criado por: Gabriela Morgante.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo